Celebracao do 45 aniversario da independencia nacional, Presidencia da Republica

25 de Junho celebrado num contexto de emergência nacional devido à COVID-19

Vânia Muchanga,

A 25 de Junho de 1975 foi proclamada a independência de Moçambique, território colonizado pelos portugueses.

Esta data é uma referência na vida de todos os moçambicanos, já que foi nesse dia que se oficializou por completo a independência de Moçambique.

Todos os anos é realizada uma cerimónia central na Praça dos Heróis, na cidade de Maputo, presidida pelo Chefe do Estado, com a presença de diversas personalidades e público, em geral.

Entretanto, este ano, devido à pandemia da COVID-19, as celebrações da efeméride foram atípicas, devido às restrições impostas pela pandemia.

Ao som da banda militar, o Presidente da República, Filipe Nyusi, depositou uma coroa de flores em homenagem aos heróis nacionais e visitou a cripta onde jazem os restos mortais de parte dos que deram a vida pela libertação da pátria.

Estiveram presentes no local convidados, entre titulares de órgãos de soberania, antigos combatentes e algumas personalidades.

Na cerimónia solene, foram condecoradas 175 individualidades, destacando-se homens e mulheres que estiveram directamente envolvidos na luta armada de libertação nacional.

O Presidente da República, Filipe Nyusi, falou sobre os progressos e desafios que marcaram o país durante os quarenta e cinco anos da independência.

O Chefe do Estado destacou o processo de paz e os avanços no processo de Desarmamento, Desmobilização e Reintegração.

Nyusi reiterou que o governo não vai descansar, enquanto não cessarem os ataques armados nas regiões Centro e Norte do país.

Autores

Vânia MuchangaVânia Muchanga...