Cira Fernandes, Porta-voz do Serviço Nacional de Migração, Media Mais

Deportados mais de 15 mil moçambicanos por permanência ilegal

Vânia Muchanga,

Reduz pela metade o número de cidadãos nacionais deportados por permanência ilegal, no primeiro semestre deste ano.

Durante este período, foram deportados 15.492 moçambicanos, contra 32 mil de igual período do ano passado. Estas deportações representam redução na ordem de 52%.

Cira Fernandes, Porta-voz do Serviço Nacional de Migração, SENAMI, disse que a África do Sul é o país que registou maior número de deportações, com 15.462 cidadãos.

Cira Fernandes acredita que a redução do número de moçambicanos deportados pode resultar de mudança de mentalidade, sobre a necessidade de uso de passaporte para viagens ao estrangeiro.  

A porta-voz do SENAMI, alerta que os acordos de isenção de vistos não são válidos para a fixação de residência e execução de actividades laborais no estrangeiro.

Ainda neste período, foram repatriados 1.337 estrangeiros em situação ilegal. Destaca-se cidadãos da Etiópia, Malawi, Congo Democrático e Zimbabwe.

Tete, Maputo Cidade e Cabo Delgado são as províncias com maior número de repatriados.
 

Autores

Vânia MuchangaVânia Muchanga...