Presidente da Autoridade Tributaria quer ver erradicada a corrupção na instituição, Jornal Notícias

Presidente da Autoridade Tributaria quer ver erradicada a corrupção na instituição

Célia Zandamela,

A Presidente da Autoridade Tributária de Moçambique, Amélia Nakhare, exortou ontem (30 de Julho), ao Gabinete do Controlo Interno da instituição, a reforçar o combate à promiscuidade fiscal e prevenir actos de corrupção protagonizados por funcionários locais. 

Segundo Amélia Nakhare, urge reverter a imagem pela qual a AT é rotulada em vários círculos de opinião, como entidade do Estado onde se regista o maior nível de corrupção. 

Amélia Nakhare, que falava em Maputo, no retiro do Gabinete do Controlo Interno da AT, afirmou que esta conotação levou a instituição a reformular o código de conduta dos seus funcionários e a aprovar a estratégia para a promoção da integridade e a criar o gabinete de risco fiscal e aduaneiro. 

Por outro lado, a Presidente da Autoridade Tributária reconheceu que o número de processos instaurados não espelha a dimensão real da corrupção na instituição e exigiu directrizes que vão conduzir as reformas profundas no sistema de controlo interno na AT.
 

Autores

Célia ZandamelaCélia Zandamela...