Bandeira, Zimbabwe, Sapo, Noticias

Amnistia Internacional defende respeito e protecção dos direitos humanos no Zimbabwe

Vânia Muchanga,

A Amnistia Internacional defende que os candidatos e partidos políticos, no Zimbabwe, devem colocar, nos seus programas para as eleições de 30 de Julho, o respeito e protecção dos direitos humanos.

Num documento publicado, a organização não-governamental recomenda o fim da pena de morte, das perseguições políticas, da tortura e morte de opositores e o fim da impunidade das forças de segurança.

O organismo apela, ainda, para a liberdade de expressão e de associação, ao respeito pelos tratados regionais sobre os direitos humanos e, à atenção, para políticas de saúde para mulheres e jovens.

Autores

Vânia MuchangaVânia Muchanga...