Comandante-geral da PRM denuncia que raptores usam contas no exterior para receber resgates, O País

Bernardino Rafael denuncia que raptores usam contas no exterior para receber resgates

Célia Zandamela,

O Comandante-Geral da Polícia da República de Moçambique, Bernardino Rafael, afirmou ontem (20 de Julho), que os sequestradores têm exigido, nos últimos tempos, aos familiares dos reféns, o depósito de dinheiro de resgate em contas domiciliadas no estrangeiro, o que concorre para o desgaste das reservas em moeda convertível no país. 

Segundo Bernardino Rafael, com esta acção, os raptores procuram despistar as investigações ou dificultar a sua localização por parte das autoridades policiais. 

O Comandante-Geral da PRM acrescenta que o pagamento de resgate em contas domiciliadas no exterior, está a provocar prejuízos incalculáveis à economia. 

Nos primeiros seis meses deste ano foram registados sete raptos no país, contra dez de igual período do ano passado. 
 

Autores

Célia ZandamelaCélia Zandamela...