Transporte do Carga, Radio Mocambique

Comerciantes moçambicanos impedidos de voltar ao país pelas autoridades sul-africanas

Vânia Muchanga,

As autoridades sul-africanas interditaram o regresso ao país, de comerciantes moçambicanos, por transportarem produtos e mercadorias não permitidas durante a vigência do Estado de Emergência.

A situação ocorreu esta quarta-feira (7 de Julho), no Posto de Travessia de Libombo, na vizinha África do Sul.

Durante o Estado de Emergência apenas mercadorias essenciais são permitidas nas fronteiras entre Moçambique e a África do Sul.

Segundo Celestino Mastinhe, porta-voz do Serviço Nacional de Migração, os comerciantes moçambicanos impedidos de voltar ao país pelas autoridades sul-africanas, transportavam mercadoriasnão permitidas durante este período.

Na manhã desta quarta-feira, o Posto de Travessia de Libombo registou uma afluência acima do normal, de transportadores de mercadorias.

Celestino Matsinhe diz que a situação criou problemas de transitabilidade.

Celestino Matsinhe explica que as autoridades nacionais intervieram para a solução do problema.

O movimento migratório nos postos de travessia terrestre continua a ser dominado por camiões de transporte de mercadorias.

Autores

Vânia MuchangaVânia Muchanga...