África do Sul com discrepâncias entre mortes por pandemia e por causas naturais, JM Madeira

COVID-19: África do Sul com discrepâncias entre mortes por pandemia e causas naturais

Célia Zandamela,

O Conselho sul-africano de Investigação Médica identificou uma "discrepância" entre as mortes confirmadas devido à COVID-19 e o número de mortes em excesso por causas naturais.

O novo relatório mostra mais de 17 mil mortes em excesso entre seis de Maio e 14 deste Julho, em comparação com os dados dos últimos dois anos.

De acordo com o relatório, nas últimas semanas os números têm mostrado um aumento elevado. 

Só na segunda semana de Julho, registou-se 59 por cento de mortes por causas naturais, do que seria de esperar com base nos dados históricos.

A África do Sul relatou, até ao momento, 6.098 mortes devido a COVID-19.
 

Autores

Célia ZandamelaCélia Zandamela...