Transporte Publico, O Pais

COVID-19: Há relaxamento no cumprimento das medidas preventivas nas paragens e nos transportes semicolectivos

Vânia Muchanga,

Os casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus têm estado a aumentar exponencialmente no país.

A situação preocupa o governo, que a poucos dias do término da terceira fase do Estado de Emergência, avalia negativamente o grau de cumprimento das medidas de prevenção da COVID-19, no país.

A nossa equipa de reportagem escalou algumas paragens de transporte, na cidade de Maputo, onde constatou relaxamento no cumprimento das medidas de prevenção da doença, com destaque para a não higienização das mãos.

Há algum tempo podia-se ver , nas paragens, equipas do Conselho Municipal, higienizando as mãos dos passageiros e o interior dos transportes semicolectivos, uma situação que hoje não se verifica.

O incumprimento, que começa do lado de fora, repete-se no interior dos transportes semicolectivos.

Contrariamente ao que os passageiros reclamam, um dos transportadores alega que se tem feito a higienização das mãos dos passageiros no interior da viatura, mas a situação só ocorre à saída dos terminais.

Outro transportador alega ser difícil cumprir com todas as medidas de prevenção da COVID-19.

As autoridades sanitárias recomendam que mais do que esperar pelas condições criadas, é fundamental que cada cidadão opte pela prevenção individual.

Os passageiros e transportadores pedem ajuda a quem de direito na fiscalização do cumprimento integral das medidas de prevenção, para evitar a propagação da pandemia, a partir das paragens e nos transportes.
 

Autores

Vânia MuchangaVânia Muchanga...