Bairro Luís Cabral, Media Mais

Direcção da Saúde da Cidade de Maputo alerta para o uso racional da água

Vânia Muchanga,

A Direcção de Saúde da Cidade de Maputo garante que estão acauteladas medidas para a prevenção das chamadas doenças de origem hídrica.

Alice de Abreu, Directora de Saúde da Cidade de Maputo, garante que desde Setembro não houve registo de cólera na cidade de Maputo.

Entretanto as diarreias são as que mais afectam a capital do país, destacando-se os distritos de Ka Hlamanculo e KaMavota.

Por outro lado, a Directora de Saúde da Cidade de Maputo alerta para o uso racional da água, neste período de escassez do precioso líquido.

Alice de Abreu acrescenta que no ano passado reduziram-se os casos das chamadas doenças de origem hídrica, a exemplo de diarreias, comparativamente a 2017, em que foram registou mais de 40 mil casos.

No ano passado deram entrada nos hospitais gerais e centros de saúde, da cidade de Maputo,  mais de trinta mil casos, uma redução em dois por cento.

Os hospitais gerais de Mavalane e José Macamo são os que recebem mais casos de diarreias, na cidade de Maputo.   
 

Autores

Vânia MuchangaVânia Muchanga...