Antigo Ministro moçambicano das Finanças, Manuel Chang, Voa Português

Extradição de Chang: Tribunal marca audiências para 16 e 17 de Outubro

Célia Zandamela,

O caso que envolve o antigo Ministro moçambicano das Finanças, Manuel Chang, só será apreciado pelo Tribunal Supremo de Joanesburgo a dezasseis e dezassete de Outubro.

A extensão do tempo visa permitir que as partes envolvidas tenham uma melhor interpretação do processo.

Inicialmente, o High Court de Gauteng havia marcado para hoje (13 de Agosto) a audiência para analisar os pedidos sobre a extradição de Manuel Chang. 

A entrada do governo de Maputo na disputa pela vinda do antigo ministro das Finanças a Moçambique forçou o tribunal a adiar a audiência. 

Ontem (12 de Agosto), realizou-se uma reunião entre os advogados do Fórum de Monitoria do Orçamento, advogados de Manuel Chang, das autoridades sul-africanas e dos escritórios da Mabunda Incorporated, que recentemente emitiu um comunicado a indicar que ia passar a intervir em nome do governo moçambicano.

Em Outubro, a justiça sul-africana deverá analisar cinco pedidos relativos ao processo, entre os quais de extradição a Moçambique e para os Estados Unidos.
 

Autores

Célia ZandamelaCélia Zandamela...