Graça afirmou que estaria ao lado de Samora Machel Júnior nas eleições autárquicas de 10 de Outubro, ,

Graça Machel está balançada, afirma Calton Cadeado

Edson Manjate,

O analista residente da Rádio Mais, Calton Cadeado, diz que Graça Machel está balançada entre Samora Machel Júnior, seu filho, e o partido Frelimo. O analista considera que apesar do apoio demostrado por Graça Machel, nas suas palavras proferidas à imprensa sobre a candidatura independente de Samora Machel Júnior, nota-se alguma ambiguidade.
"Muitas pessoas queriam saber o que Graça Machel pensa sobre este processo. Ela fez uma abordagem inteligente, politicamente correcta mas ambígua. Ambígua pois ela não diz claramente o que significa esse apoio. Será que vai dar dinheiro para o filho concorrer? Será que vai participar na mobilização de potenciais eleitores? Da forma como ela se pronunciou, está claramente balançada entre o filho e o partido Frelimo, do mesmo modo que eu acredito que ele também está balançado entre a sua candidatura independente e o partido Frelimo", disse Calton Cadeado. 

Sobre o mesmo assunto, o outro analista residente da Rádio Mais, Fernando Gonçalves, considera claro o apoio de Graça Machel a Samora Machel Júnior. No entanto, Gonçalves entende que a candidatura de Samito, como é carinhosamente tratado, vai trazer problemas ao Partido Frelimo.
"Ficou nítido que ela (Graça Machel) está do lado dele (Samora Machel). Esta decisão de Samora Machel Júnior vai trazer grandes problemas ao Partido Frelimo. Há individualiades que acham que não haverá, mas é um discurso de conveniência. Para todos os efeitos Samito é filho da Frelimo. Não acredito que o Samito esteja sedento do poder. Ele foi convidado por um grupo de cidadão", analisou Fernando Gonçalves o posicionamento de Graça Machel sobre a candidatura independente de Samora Machel Júnior às eleições Autárquicas de 10 de Outubro.

Autores

Edson ManjateEdson Manjate...