Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social , FM

Inspecção-geral do Trabalho encerra Agência de Emprego em Maputo

Vânia Muchanga,

Inspecção-geral do Trabalho encerra suposta Agência de Emprego, não licenciada, que ensaiava o envio de 12 jovens à Nigéria, para suposta colocação no mercado de emprego.
Trata-se da, Agência Privada de Emprego, RSM, que operava ilegalmente no país, como empresa de recrutamento e colocação de mão-de-obra no estrangeiro.  

A suposta ilegalidade foi descoberta pela Inspecção-geral de Trabalho, ao nível da cidade de Maputo, que constatou que para além das infracções referidas, a empresa RSM tinha também a componente de admissão de cidadãos nacionais para formação no estrangeiro.

A saída dos 12 jovens para Nigéria estava prevista para o dia 27 deste mês, o que constitui um atropelo às leis vigentes no país, de acordo com o Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social.

A Inspecção-geral do Trabalho, na qualidade de entidade que aprova o Regulamento de Licenciamento e Funcionamento das Agências Privadas de Emprego, para além de encerrar a empresa, suspendeu a suposta cidadã que exercia a função de Consultora, sendo que, a sua admissão não estava em conformidade com a lei laboral vigente.
 

Autores

Vânia MuchangaVânia Muchanga...