Formandos técnicos, JN

Instituições técnicas formam 650 mil cidadãos em cinco anos

Vânia Muchanga,

O Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social, debateu esta quinta-feira, a padronização e qualidade da formação profissional no país.  

Falando na abertura do segundo conselho pedagógico e consultivo do Instituto de Formação profissional e Estudos laborais Alberto Cassimo, o vice-ministro do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Oswaldo Petersburgo, disse que o aumento da empregabilidade no país, passa pela melhoria de qualidade dos formandos.

De 2015 a Março passado, instituições de formação profissional públicas e privadas, formaram cerca de 650 mil cidadãos.

Segundo Oswaldo Petersburgo, a aproximação de serviços aos cidadãos, atualização do currículo de formação e capacitação de formandos, contribuíram na melhoria de qualidade dos formandos e aumento da empregabilidade, no país.
 

Autores

Vânia MuchangaVânia Muchanga...