Inicialmente Moçambique vai ter ganhos anuais de 45 milhões de dólares com a venda de energia ao Malawi, Mozambique Mining Journal

Moçambique passa a vender energia ao Malawi

Célia Zandamela,

Moçambique e o Malawi assinaram esta quinta-feira, em Lilongwe, cinco acordos técnicos e comerciais que visam a construção de uma linha de interconexão e transmissão entre os dois países, para posterior venda de energia eléctrica ao Malawi.

Os acordos foram assinados pelo Presidente do Conselho de Administração da Electricidade de Moçambique, Aly Sicola, e pelo Chefe executivo da Electricity Supply Corporation of Malawi, Allexon Chiwaya.

Avaliada em 127 milhões de euros, a linha de interligação entre os dois países deverá partir da subestação de Matambo, na província de Tete, percorrendo um total de 218 quilómetros até ao Malawi.

Com a concretização destes acordos, Moçambique passará a vender energia ao Malawi., sendo que as obras da construção da linha deverão iniciar-se no primeiro trimestre de 2020, estando o fim previsto para o primeiro trimestre de 2022.

O contrato inicial prevê uma venda de 50 megawatts de energia ao Malawi, permitindo ganhos anuais de 45 milhões de dólares por ano a Moçambique, de acordo com o jornal O País.
 

Autores

Célia ZandamelaCélia Zandamela...