As Nações Unidas estimam que a insegurança alimentar no Sudão tenha aumentado entre Janeiro e Março, Lusa

Nações Unidas disponibilizam 23,5 milhões de dólares para apoiar Sudão

Célia Zandamela,

As Nações Unidas anunciaram ontem (11 de Abril), que vão disponibilizar 26 milhões e meio milhões de dólares, para apoiar mais de 800 mil sudaneses afectados pela crise económica e insegurança alimentar no país.

Os fundos anunciados pelo coordenador da Ajuda de Emergência das Nações Unidas, Mark Lowcock, serão disponibilizados para fornecer alimentos essenciais e água, assim como assistência sanitária, médica e nutritiva.

As Nações Unidas estimam que a insegurança alimentar tenha aumentado no Sudão, calculando que 5,8 milhões de pessoas tenham estado nesta situação, entre Janeiro e Março.

Os fundos vão permitir também apoiar os serviços médicos, ao nível de maternidades e de cuidados reprodutivos para trezentas e vinte mil pessoas, através da distribuição de material por 65 centros de saúde e de formação de profissionais.

Além da crise económica, o Sudão é também palco de vários conflitos que, embora tenham diminuído, ainda mantêm 1,9 milhões de sudaneses deslocados.
 

Autores

Célia ZandamelaCélia Zandamela...