Psicológica clinica, Brígida Nhamtumbo, Web Mais

Psicóloga defende realização de pesquisa sobre a toxicodependência em Moçambique

Célia Zandamela,

A psicológica clinica Brígida Nhamtumbo, defende a realização de uma pesquisa de âmbito nacional, sobre a toxicodependência em Moçambique, para aferir a magnitude do problema no país. 

O Hospital Central de Maputo recebe em média 50 a 55 toxicodependentes, por mês e para Brígida Nhamtumbo, os números reais podem ser muito elevados, porque a maior parte das pessoas não vai ao hospital.

Em Moçambique, a cannabis sativa, vulgo suruma, é uma das drogas mais consumidas, em paralelo com o uso excessivo do álcool, maioritariamente por jovens e adolescentes, que ainda frequentam estabelecimentos escolares.

Brígida Nhamtumbo acrescenta que é função da família dar educação, protecção, afecto e segurança, para que os indivíduos não se sintam tentados a entrar no mundo das drogas. 
 

Autores

Célia ZandamelaCélia Zandamela...